05/12/2017

Planejamento Tributário: alterações da legislação e cenários para definição de regime – Real, Presumido ou Simples

Inscreva-se
INICIO TÉRMINO

12/01/2018

12/01/2018

HORÁRIO CARGA HORÁRIA

08h30min às 12h e das 13h às 17h30min

08 Horas

LOCAL

RUA FELIPE SCHMIDT, 303, ED. DIAS VELHO - 9º ANDAR - CENTRO - FPOLIS

PÚBLICO ALVO

Contadores, gerentes, coordenadores e analistas das áreas tributária e/ou contábil; profissionais que atuem com planejamento tributário ou empresarial e outros que desejem obter maior conhecimento da matéria.

INVESTIMENTO

Obs.: Está incluso no valor - material didático digital (apostila), bloco para anotações, 02 coffees break e o certificado.

Associados SESCON Grande Florianópolis que pagam a contribuição Sindical: R$ 260,00

Associado SESCON Grande Florianópolis ou Contadores em dia com o CRC: R$ 290,00

Parceiros: R$ 380,00

Demais interessados: R$ 510,00

FORMAS DE PAGAMENTO

A vista no boleto, acima de 02 inscrições consultar condições de pagamento.

Você que está cadastrado no programa Fidelidade Prime, poderá resgatar seus pontos para pagamento da sua inscrição, total ou parcial. Informe-se e aproveite.

O SESCON Grande Florianópolis reserva-se ao direito de realizar o curso somente após o fechamento da turma. Reembolso somente para inscrições canceladas até 72h antes da realização do curso.

Inclui DME – Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie

Objetivos: 

Analisar as mudanças tributárias mais recentes, em especial as decorrentes de legislação a nível federal, suas respectivas regulamentações, posicionamentos na esfera administrativa e os impactos na apuração dos tributos nos regimes de lucro real e presumido; o novo cálculo do Simples Nacional para 2018 e seus impactos na formação do preço de venda e retenção de ISS; estudo de cenários e apresentação de casos com simulações em planilha eletrônica, comparando lucro real, presumido e Simples Nacional; contribuição previdenciária patronal – folha ou receita; lucro real – dedução das perdas com créditos de clientes e diferimento de tributos federais,  remuneração aos sócios por meio de juros sobre capital próprio (JSCP), ganho de capital a longo prazo, benefícios fiscais, deduções diretas do IRPJ, como o PAT; arbitramento de estoques ou do lucro pelo contribuinte; DME – Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie.

 

Conteúdo Programático:

- Alterações ou definições mais recentes da legislação tributária: PIS e COFINS, CPRB, IRPJ e CSLL e IOF e do Simples Nacional; a DME – Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie;

 – Simples Nacional: principais impedimentos e vedações; novo cálculo da alíquota mensal efetiva a partir de 2018; partilha do ICMS e ISS; impacto da folha de pagamento para determinação da alíquota dos serviços do antigo Anexo VI; exclusão do ICMS e do ISS a partir da Faixa 6; percentuais de retenção do ISS a partir de 02/2018;

- Contribuição previdenciária patronal: folha ou receita bruta; efeitos na transição entre as duas formas de cálculo;

- Lucro real: critérios de dedutibilidade das despesas; perdas com créditos de clientes e diferimento de tributos federais, remuneração aos sócios por meio de juros sobre capital próprio (JSCP), ganho de capital a longo prazo, benefícios fiscais, deduções diretas do IRPJ, como o PAT; prejuízos fiscais e compensação concomitante com outras deduções; arbitramento de estoques ou do lucro pelo contribuinte;

- Vantagens ou desvantagens entre os regimes: real ou presumido; carga tributária semelhante entre ambos os regimes; retenções de difícil dedução ou compensação e substituição de créditos tributários próximos de prescrição;

- Reflexos decorrentes da mudança entre os regimes – real, presumido e Simples – e do critério de reconhecimento das receitas – Competência ou Caixa;

- Análises comparativas, exemplos práticos e exercícios; cenários e simulações em planilha eletrônica entre lucro real e presumido, lucro presumido e Simples Nacional (serviços);

- Modificações na matriz tributária e seus reflexos no preço dos produtos ou serviços.

Facilitador:

Édison Remi Pinzon – Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), MBA em Gestão Tributária pelo INPG, atuou por mais de 20 anos nas áreas contábil, tributária e de controladoria de empresas industriais e de serviços e por 4 anos como analista de negócio (ERP), especialista em soluções na área de planejamento fiscal empresarial, consultor certificado do programa FORCEC, responsável pela  Atuábil Consultoria e Cursos, instrutor de cursos na Consult, SESCON/SC, SESCON/GF, SESCAP Londrina (LDR), SESCON/RS, CRC/PR, CRC/RS, Karlinski Treinamentos Empresariais (RS), Doria Cursos e Associações de Contabilistas do PR e RS. Palestrante dos cursos “ECF – Escrituração Contábil Fiscal” e “Lucro Presumido” gravados para a UNIFENACON em 2015 e do curso “SPE-Simples – Aspectos Tributários” no SEBRAE/PR em 2009. Autor de artigos tributários publicados pelo SESCAP/PR, SESCON/GF e Veritae Orientador Profissional (RJ).

Cursos


Patrocinadores